Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




ARQUIVO - No Mundo dos Famosos
 


Entrevista Especial com RAFAEL CARDOSO

 

A “Entrevista Especial” de hoje é com um grande talento da nova geração de atores. Desde sua estreia na novela “Beleza Pura” (2009) ele vem a cada trabalho crescendo cada vez mais como ator e provando a todos o seu imensurável talento. Atualmente vem dando um show de interpretação como o Vicente na atual novela das nove, “Império”. O “No Mundo dos Famosos” entrevista hoje o brilhante e querido ator RAFAEL CARDOSO.

“Meu personagem no filme “Do Começo ao Fim” foi um personagem complexo pelo incesto, pois a homossexualidade hoje em dia já não é mais tabu. Infelizmente ainda há pessoas que tem preconceito, mas isso é tão velha era, é tão passado, que não vale à pena nem falar...”

(Rafael Cardoso)

Jéfferson Balbino: Rafael, o Vicente Ferreira está sendo o seu primeiro papel numa novela das nove. Como está sendo dar vida a esse personagem na novela “Império” (TV Globo/2014)?

Rafael Cardoso: Está sendo ótimo até porque o horário das nove tem mais expectadores, tem mais anunciantes... É uma ‘responsa’, mas é um trabalho como qualquer outro, é obvio também que gravo muito mais, mas o tempo da dedicação é o mesmo que tive com outros personagens.

Jéfferson Balbino: E como foi o processo de composição desse personagem?

Rafael Cardoso: Partindo do ponto de referência, ele é um cara apaixonado pela cozinha, e eu trago isso comigo também, ele veio do Nordeste daí eu trabalhei as emoções dele, enfim tive que me preparar, fiz o workshop para aprender mais sobre a alto gastronomia... Eu pesquiso sobre a alimentação funcional há quase dois anos e aí tem o meu blog “Pura Mesa” (www.puramesa.com.br), onde divulgo as coisas... E o workshop só ampliou meu conhecimento sobre o assunto desse lado gastronômico, mas daí tem o lado emocional e, construir o lado emocional do personagem não tem fórmula, mas sim criar uma nova vida, saber de onde ele veio, para onde vai, o porquê, quais são os traumas dele, o que ele tem vivido, o porquê dele estar aqui hoje, então é todo um processo.

Jéfferson Balbino: Essa barba você deixou para o personagem?

Rafael Cardoso: Sim, deixei a barba exclusivamente para meu personagem.


Jéfferson Balbino: E como foi contracenar com a nossa querida Nicette Bruno nas novelas “A Vida da Gente” (TV Globo/2011) e em “Joia Rara” (TV Globo/2013)?

Rafael Cardoso: Foi ótimo, pois eu sou apaixonado pela Nicette, pela pessoa que ela é, pela atriz que ela é... É um respeito muito grande que tenho por ela, e um sentimento de família até mesmo porque ela tem essa energia de matriarca. Toda vez que me lembro dela fica uma energia muito boa no meu coração.

Jéfferson Balbino: Em 2012, você deu um show de interpretação protagonizando a novela “Lado a Lado” (TV Globo) que venceu o Emmy de “Melhor Novela” daquele ano. A que você atribui o imenso sucesso dessa trama?

Rafael Cardoso: Foi uma novela ótima, acredito que o conjunto da obra... A equipe era muito amiga, o Dênnis [Carvalho] é um querido, o Gilberto [Braga] também me dando esse personagem que foi um presente, enfim sempre fica uma saudade, mas daí vem sempre um trabalho atrás do outro, um melhor que o outro... E tomara que “Império” ganhe um Emmy também...

Jéfferson Balbino: Ainda existe algum tipo específico de personagem que você sonha interpretar?

Rafael Cardoso: Sempre tem né Jéfferson?! Eu acho que quanto mais personagens chegarem pra mim é melhor... Tem que plantar para colher, e eu estou plantando, por isso acho que virá pra mim coisas boas pela frente...

Jéfferson Balbino: Pra você, o que é mais gratificante na carreira de ator?

Rafael Cardoso: É você fazer um personagem que todos assistem e acreditam naquilo que você está falando. E se emocionarem contigo, rirem contigo, se envolverem na história que você está contando, é você conseguir passar uma história que seja interessante para o público e que não seja só mais uma balela, enfim o mais gratificante pra nós atores é transmitir uma mensagem ao público seja na TV, no Cinema ou no Teatro...

Jéfferson Balbino: Você praticamente emendou “Joia Rara” com “Império”. Deu tempo para descansar entre uma novela e outra?

Rafael Cardoso: Mais ou menos (risos). Descansei ó um pouquinho Jéfferson... Já sai de “Joia Rara” certo para fazer a minissérie “Animal” lá no Rio Grande do Sul do GNT, fiz essa minissérie e cheguei ao Rio de Janeiro e comecei a gravar “Império”, portanto só tive duas semanas de férias.

Jéfferson Balbino: E tem algum projeto para Teatro e/ou Cinema?

Rafael Cardoso: Jéfferson, em Cinema eu tenho vários projetos em andamento... Eu vou estrear um filme lá no Festival de Cinema de Gramado, o “Senhores da Guerra”. E tem outros filmes e estou estudando a possibilidade de fazer uma peça com uns amigos das antigas...


Jéfferson Balbino: Um dos seus melhores personagens foi o Thomás no longa “Do Começo ao Fim” (2009) que era um personagem que assumia um relacionamento incestuoso e homossexual com seu meio irmão. Houve alguma dificuldade em dar vida a um personagem tão complexo como esse?

Rafael Cardoso: O desafio... Meu personagem no filme “Do Começo ao Fim” foi um personagem complexo pelo incesto, pois a homossexualidade hoje em dia já não é mais tabu. Infelizmente ainda há pessoas que tem preconceito, mas isso é tão velha era, é tão passado, que não vale à pena nem falar. O desafio foi mais de cumprir o que o roteiro se propôs a passar que era o de poder passar essa mensagem de amor, uma mensagem linda e acredito que conseguimos isso.

Jéfferson Balbino: A teledramaturgia brasileira vem quebrando tabus desde o beijo gay do Félix (Mateus Solano) em “Amor à Vida” (TV Globo/2014). Você acredita que a mentalidade da sociedade brasileira evoluiu ao ponto de se acostumar com cenas de beijo gay em novelas?

Rafael Cardoso: Beijo gay é algo comum em todo lugar que a gente vai, temos que pensar que as pessoas são uma só e que o amor é tão efêmero podendo ser qualquer coisa.

Jéfferson Balbino: E qual foi sua fonte de inspiração para trabalhar o psicológico do Thomaz?

Rafael Cardoso: Totalmente no texto e na preparação com o diretor que criou a história.

Jéfferson Balbino: E você é um ator que também assiste novelas?

Rafael Cardoso: Quando tenho tempo eu gosto de assistir...

Jéfferson Balbino: E quais foram às novelas que mais lhe marcou?

Rafael Cardoso: Ah teve “Quatro por Quatro”, que eu assistia quando eu era moleque... Lembro muito também de “Que Rei Sou Eu?” e “Renascer” aquela que tinha o jequitibá...

Jéfferson Balbino: Rafael querido, super obrigado por conceder essa entrevista ao “No Mundo dos Famosos”, parabéns pela carreira e muito mais sucesso. Um grande abraço!

 

Rafael Cardoso: Obrigado você Jéfferson, abração velho!



Escrito por No Mundo dos Famosos às 22h36
[] [envie esta mensagem
] []





Ainda Hoje: Entrevista Especial com RAFAEL CARDOSO



Escrito por No Mundo dos Famosos às 22h35
[] [envie esta mensagem
] []





Entrevista Especial com NANDA COSTA

 

Minha entrevistada de hoje aqui “No Mundo dos Famosos” é uma das mais gratas revelações dos últimos tempos na teledramaturgia brasileira. Ela é uma atriz belíssima e extremamente talentosa, embora tenha pouco tempo de carreira já acumula trabalhos de supra importância tanto na TV, como no Cinema. Já protagonizou  a novela das nove “Salve Jorge” (2012), onde emocionou o Brasil na pele da heroína Morena e atualmente nos encanta na atual novela das nove “Império”, como a exuberante Tuane. A “Entrevista Especial” de hoje é com a querida e talentosa atriz NANDA COSTA.

“Quanto mais desafiador for o personagem, melhor para o ator.”

(Nanda Costa)

Jéfferson Balbino: Nanda, como está sendo viver a Tuane na novela “Império” (TV Globo/2014)?

Nanda Costa: A Tuane é uma mulher vaidosa que se casou com um homem mais velho que é o Reginaldo, feito pelo Flávio Galvão, eu amei trabalhar com ele, é um ator super experiente e generoso, e ela casou com esse homem mais velho, abandou o filho e voltou 10 anos depois querendo recuperar a guarda desse filho, fazendo de tudo para tirar à guarda do pai que o criou a vida inteira.

Jéfferson Balbino: Ou seja, definitivamente, ela não é uma mãe como a Morena, sua personagem na novela “Salve Jorge” (TV Globo/2012)?

Nanda Costa: Não... Ela é oposta da Morena em tudo!

Jéfferson Balbino: Mas ainda assim ela tem um carinho pelo filho né?

Nanda Costa: Sim e, é por isso que ela voltou para recuperar a guarda do menino.

Jéfferson Balbino: E como foi o processo de composição dessa personagem?

Nanda Costa: Ela me veio muito bem desenhada pelo Aguinaldo [Silva], mas a primeira leitura que eu tive sobre ela, a coisa da vaidade com o corpo e com o cabelo, até porque ela nunca teve dinheiro então ela vai atrás desses recursos para se sentir linda para o marido, meu primeiro pensamento foi esse... Eu fiz também um treinamento bacana para dar uma tonificada no corpo e fora isso, o que eu acho que foi fundamental, a gente teve uma preparação com um coach argentino que foi sensacional porque ele preparou a gente foi vendo uns vícios e foi fazendo isso direto com o próprio vídeo então não era só um ensaio, pois a gente se via já caracterizado com a personagem. Eu acho que o figurino, o jeito que é o cabelo dela, a caracterização eu acho que tudo isso ajudou muito na composição.

Jéfferson Balbino: Você deu um show de interpretação ao dar vida à Morena novela “Salve Jorge”. O que esse trabalhou representou na sua carreira?

Nanda Costa: A Morena de “Salve Jorge” foi o meu maior desafio como atriz, como mulher, com tudo! Pois, ela era diferente de tudo, era uma mocinha que foi traficada, que foi obrigada e se prostituir, uma mocinha que tinha que abandonar o filho... Eu tenho um carinho enorme pela Morena. Até hoje quando eu saiu as ruas as pessoas me chamam de Morena então foi muito especial. Quanto mais desafiador for o personagem, melhor para o ator. E a Morena me desafiou...

Jéfferson Balbino: Atualmente está no ar, à reprise da novela “Cobras & Lagartos” (TV Globo/2006), na sessão “Vale a Pena Ver de Novo”. Sua estreia como atriz ocorreu nessa novela, como você se sente em rever o trabalho que a revelou?

Nanda Costa: Sempre que eu posso eu revejo a novela... Não me revejo com sentindo auto-crítico, mas com carinho, até porque eu estava começando então não dá pra me exigir muito. Eu tinha feito um curso com o Wolf Maya [diretor] há muito tempo atrás lá em São Paulo, e ele me apadrinhou, fui parar nessa novela a convite dele. A gente sempre tem de olhar o que a gente fez como no Cinema, a gente grava um filme e depois de um ano que ele vai ser exibido e ao longo desse um ano a gente já fez outras coisas, já acumulou outras experiências, adquiriu mais maturidade, absorve outras técnicas e daí quando o filme saí a gente vê e pensa que deveria ter feita de outro jeito...

Jéfferson Balbino: Você também brilhou na novela “Cordel Encantado” (TV Globo/2011). Como foi atuar nessa trama maravilhosa?

Nanda Costa: “Cordel Encantado” foi uma novela linda e muito bem cuidada Eu fazia a espevitada pernambucana Lilica que era diferente da Morena, era diferente da personagem que eu fiz na série “O Caçador” (TV Globo/2014), onde eu fiz uma mulher super religiosa, então é muito positivo esse leque de personagens que fiz.

Jéfferson Balbino: O que é mais gratificante na carreira de atriz?

Nanda Costa: Em primeiro lugar é você poder trabalhar com paixão com aquilo que você ama e daí o retorno é positivo. Em segundo lugar as amizades que a gente faz, a gente convive muito tempo e acaba se tornando uma família, mesmo depois quando vai cada um para um lado... Em “Império” estou feliz por reencontrar pessoas que eu já trabalhei antes como o Zé Mayer onde fizemos juntos “Viver a Vida”.

Jéfferson Balbino: Como você se sente quando acaba uma novela e você tem que deixar a personagem que você vivenciou durante alguns meses?

Nanda Costa: É claro que dá aquele vazio, eu acordo pensando na personagem, eu convivo com aquela energia e por isso quando acaba fica um vazio, uma saudade, mas graças a Deus eu sempre tive um novo trabalho que vem na sequência para preencher esse vazio. Por isso é importante não ficar apegado, mas sim se permitir a coisas novas...

Jéfferson Balbino: E você tem algum projeto para Teatro?

Nanda Costa: Eu até tenho Jéfferson, mas vou adiar porque agora estou focada na novela. Então vou me dedicar a um trabalho de cada vez...

Jéfferson Balbino: Você é uma atriz que assiste novela?

Nanda Costa: Assisto... Até porque assistir novela também faz parte da profissão. Eu não sou noveleira até porque a gente que faz não tem muito tempo, mas quando eu paro pra ver novela eu vejo muito (risos).

Jéfferson Balbino: Obrigado querida pela entrevista...


Nanda Costa: Obrigado você!



Escrito por No Mundo dos Famosos às 22h02
[] [envie esta mensagem
] []





Ainda Hoje: Entrevista Especial com NANDA COSTA



Escrito por No Mundo dos Famosos às 22h00
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]