Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




ARQUIVO - No Mundo dos Famosos
 


ENTREVISTA ESPECIAL com: FIUK

 

 

A “Entrevista Especial” de hoje do “No Mundo dos Famosos” é com um dos novos galãs da nova geração da teledramaturgia brasileira. Ele que já está em sua terceira novela vem percorrendo a mesma trilha percorrida por seu pai, o grande cantor e ator Fábio Jr., que fez uma brilhante carreira na música e na telinha. Atualmente vem brilhando na telinha como o vilão Alex, da novela “Geração Brasil”. Meu entrevistado é o talentoso cantor e ator FIUK.

“Jéfferson, eu não me sinto maduro em momento algum em nada. Eu gosto de me sentir pleno – independente de qualquer coisa...”

(Fiuk)

Jéfferson Balbino: Fiuk, começa nos falando sobre seu personagem na novela “Geração Brasil” (TV Globo/2014)?

Fiuk: Meu personagem é um jornalista, mas não é um jornalista bacana igual você Jéfferson (risos), é um picareta...

Jéfferson Balbino: Ele está mais pra vilão então (risos)?

Fiuk: Sim, ele é mais pra vilão... Ele se enquadra mais pra vilão do que pra bom moço, pois mandaram ele para os Estados Unidos pra investigar o grande Jonas Marra (Murilo Benício) e o passado dele que todo mundo acha que é lindo, mas não é... E, é por isso que meu personagem entrou na história. Está sendo muito legal fazer essa novela!

Jéfferson Balbino: E como foi o processo de composição desse seu personagem?

Fiuk: Putz, foi muito bacana! Foi muito legal! Pois, a Globo dá muita atenção pra isso. Mas eu também corri atrás por fora, fui em algumas redações para analisar, para ver como funciona.

Jéfferson Balbino: E como é a sua relação com a tecnologia?

Fiuk: Ah eu gosto, porém, não sou um cara que vive em função de tecnologia, mas eu gravo as minhas músicas em casa, eu tenho um estúdio, eu uso muito internet e rede social, mas eu não sou viciado...

Jéfferson Balbino: E como está sendo conciliar as gravações da novela com a carreira de cantor?

Fiuk: Ah agora eu vou dar um tempinho de uns 3 meses pelo menos na carreira de cantor. No momento eu estou focado na novela, mas depois eu volto!

 



Escrito por no mundo dos famosos às 21h00
[] [envie esta mensagem
] []





ENTREVISTA ESPECIAL com: FIUK

 

Jéfferson Balbino: Você também fez um ótimo trabalho como ator na novela “Aquele Beijo” (TV Globo/2012). Como foi fazer esse trabalho?

Fiuk: Foi ótimo, já faz quase 3 anos...

Jéfferson Balbino: Você que além de “Aquele Beijo”, atuou ainda em “Malhação” (TV Globo/2011) e agora está em “Geração Brasil”, acredita já ter adquirido a maturidade necessária como ator?

Fiuk: Jéfferson, eu não me sinto maduro em momento algum em nada. Eu gosto de me sentir pleno – independente de qualquer coisa. Eu me sinto muito bem atuando e me sinto muito orgulhoso em ter feito “Malhação”, “Aquele Beijo” e agora está na minha terceira novela que é “Geração Brasil”, voltar a atuar em novelas dá um gostinho bom pra mim, é sinal que fiz os outros dois trabalhos bem feitos.

Jéfferson Balbino: Então podemos presumir que você terá uma carreira longínqua em novelas igual seu pai, o nosso querido Fábio Jr., teve?

Fiuk: Putz, tomara mesmo viu Jéfferson! Porque ele fez uma carreira como ator de novelas muito bacana, muito legal!

Jéfferson Balbino: O que você considera ser mais gratificante como ator?

Fiuk: Eu que tenho dois lados, o cantar e o atuar... E o cantar sou eu comigo mesmo, falando do que só eu sinto, e faço isso tão intensamente que as vezes até engasgo e preciso de um respiro e o atuar é esse meu respiro onde eu me empresto, viro louco e esqueço de tudo, finjo que sou outra pessoa e na hora que volto pra cantar, volto vazi, volto novo...

Jéfferson Balbino: E em “Geração Brasil” você vai cantar?

Fiuk: Acho que não! Até porque ele é jornalista (risos)...

Jéfferson Balbino: E o que voe ressaltaria do texto dos autores?

Fiuk: Pô, eu não tiro e nem coloco uma palavra, eles escrevem muito bem. O texto da novela é muito bem escrito.

Jéfferson Balbino: E da carreira de ator do seu pai, o que você viu que mais gostou, tomando como inspiração?

Fiuk: Ele é muito verdadeiro e eu peguei isso assistindo cada trabalho dele.

Jéfferson Balbino: Fiuk, muito obrigado por conceder essa entrevista ao “No Mundo dos Famosos”, parabéns pela carreira que você vem construindo. Muito mais sucesso e um grande abraço!

Fiuk: Obrigado a você Jéfferson e espero que todos assistam “Geração Brasil”, abraço!

 



Escrito por no mundo dos famosos às 20h59
[] [envie esta mensagem
] []





Ainda Hoje: ENTREVISTA ESPECIAL com: FIUK



Escrito por no mundo dos famosos às 20h53
[] [envie esta mensagem
] []





ENTREVISTA ESPECIAL com: LUIS CARLOS MIÉLE

 

 

Hoje eu entrevisto aqui “No Mundo dos Famosos” um grande artista, ele já dirigiu e produziu diversos shows na Globo, na Record e na extinta TV Manchete, no passado, construiu uma belíssima parceria com a inesquecível Elis Regina e o magistral Ronaldo Bôscoli. E atualmente vem dando um show de interpretação na atual novela das sete “Geração Brasil” como o magnata Jack Parker. Minha “Entrevista Especial” é com o talentoso LUIS CARLOS MIÉLE.

“Acho que a minha geração não vai ver o Brasil ser Hexa não!”

(Luís Carlos Miéle)

Jéfferson Balbino: Miéle, o que você pode nos falar sobre seu personagem na novela “Geração Brasil” (Globo/2014)?

Luís Carlos Miéle: Olha Jéfferson, eu tenho me divertido muito em fazer essa novela que é a minha primeira participação em novelas. Estou fazendo 66 anos de carreira na televisão, mas em novelas é a minha primeira participação. E acho que essa participação veio porque há uns 6 anos atrás, o André Mattos, filho do Arthur da Távola, e que era um dos diretores da série “Mandrake”, da HBO, me chamou pra fazer um papel nessa série que era estrelada pelo Marcos Palmeira e a partir dessa minha participação me chamaram para participar de eventuais programas de dramaturgia como: “Tapas e Beijos”, “A Teia”, “O Brado Retumbante”, “Sob Nova Direção”... Enfim, fiz pequenas participações como ator que não é a minha especialidade já que o meu negócio é os shows, produção e direção. Mas estou me divertindo muito com a linha de interpretação!

Jéfferson Balbino: E teve alguma dificuldade pra você se adaptar com o ofício de ator de TV?

Luís Carlos Miéle: No show a gente faz um alemão, um judeu, um francês... Então a gente interpreta vários personagens e com isso tem a facilidade necessária pra se adaptar com a TV. E naturalmente eu não faço papeis que exijam uma literatura dramatúrgica que não possuo, se fosse um personagem de Shakespeare eu me recusaria e não faria o papel (risos).

Jéfferson Balbino: O que você ressaltaria em relação ao texto dos autores da novela que são nossos queridos Filipe Miguez e Izabel de Oliveira?

Luís Carlos Miéle: O texto deles é muito divertido, meu personagem tem sotaque e quando eu fiz meu primeiro ensaio, a pessoa que me orientava falou que eu não precisaria ensaiar sotaque (risos)...

Jéfferson Balbino: E como está sendo a parceria com a Claudia Abreu e com o Murilo Benício que são seus colegas de cena?

Luís Carlos Miéle: Está sendo ótimo, são bons atores e eu estou louco pra termos uma folga pra eu chamar eles pra fazer um bar lá em casa, mas está difícil todos têm gravado muito. Mas o momento vai chegar...

 



Escrito por no mundo dos famosos às 16h12
[] [envie esta mensagem
] []





ENTREVISTA ESPECIAL com: LUIS CARLOS MIÉLE

 

Jéfferson Balbino: “Geração Brasil” é uma novela que aborda muito a inserção da tecnologia... Você é ligado ao universo tecnológico?

Luís Carlos Miéle: Eu sou difícil nessas coisas, não sei ligar nem o rádio (risos), e agora me deram um celular com dois chip’s e eu estou preocupadíssimo porque mal sei lidar com um, mas está sendo bom acompanhar essa novela porque assim vou aprendendo muita coisa. Mas a geração dos atores mais novos que eu também não são totalmente ligados, o Murilo Benício falou na coletiva que quando tem um problema com algum objeto eletrônico o filho dele que resolve ele até deu uma opinião divertida que sempre recorre aos manuais, e sempre foi assim comigo, passei a vida toda lendo manual pra saber como mexer com os novos aparelhos e a geração de hoje já nascem sabendo, já tem conhecimento com essa nova culta tecnológica. Outro dia eu vi um anúncio que tem uma coisa assustadora, mas que é a realidade que dizia: “O Mundo que você conhecia acabou... Acabou de começar!”, então eu me sinto feliz com as coisas que eu me acostumei e não tenho ânsia com a tecnologia, eu detesto celular e ainda estou me adaptando a ele.

Jéfferson Balbino: E você tem planos em continuar seguindo sua carreira como ator de novelas?

Luís Carlos Miéle: Não... Eu espero ser convidado para o que der e vier. O meu plano mesmo é estrear um show que se chama “Minha Vida é um Show” e um documentário chamado “Profissão: Miéler”, ambos sobre meus 66 anos de carreira.

Jéfferson Balbino: E qual você considera ser o momento mais marcante dos seus 66 anos de carreira?

Luís Carlos Miéle: O momento que me deu maior satisfação foi nas direções de Elis Regina ou nos especiais da Globo e depois o show no palco e minha união com o Ronaldo Bôscoli onde realizamos 84 shows.

Jéfferson Balbino: 2014 é o ano do Brasil, temos Copa do Mundo e Eleições. O que você espera do nosso país nesse ano decisivo?

Luís Carlos Miéle: Espero que o Brasil tenha tempo de receber bem esses dois eventos, a Copa e depois a Olimpíada, e a partir daí que o Brasil tenha vergonha na cara e faça uso da justiça não só do anúncio da corrupção, mas também da punição da corrupção.

Jéfferson Balbino: A Seleção Brasileira estreou na Copa do Mundo ganhando da Croácia. Você acredita que o Brasil será Hexacampeão?

Luís Carlos Miéle: Acho que a minha geração não vai ver o Brasil ser Hexa não! Mas eu tenho netos que deverão ver, e eu espero voltar numa sessão espírita com as bênçãos dos meus orixás pra ver como vai ser. Mas nessa Copa acho que o Brasil não terá chance de ser Hexa (risos).

Jéfferson Balbino: E você é um ator que assiste novelas?

Luís Carlos Miéle: Não, não é que não gosto. Mas é que sou voltado para outros ramos da atividade artística. E por isso sempre assisto outras coisas, sou um animal musical (risos).

Jéfferson Balbino: Mas teve alguma novela que você assistiu e gostou?

Luís Carlos Miéle: Não, nunca assisti novela, mas estou adorando assistir “Geração Brasil” (risos).

Jéfferson Balbino: Obrigado Miéle por conceder essa entrevista ao “No Mundo dos Famosos” e parabéns pela brilhante carreira... Sucesso sempre, abraço!

Luís Carlos Miéle: Obrigado você Jéfferson, estou sempre às ordens, abraço!

 

Crédito da Foto: Vinícius Sylvestre

 



Escrito por no mundo dos famosos às 16h11
[] [envie esta mensagem
] []





Ainda Hoje: ENTREVISTA ESPECIAL com: LUIS CARLOS MIÉLE



Escrito por no mundo dos famosos às 01h34
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]